Comentarios

  • Pingback: QUAL É A IMAGEM DE SUA CARREIRA: UM TRILHO OU UM MAPA? | Blog do Marcus Carvalho

  • Pingback: QUAL É A IMAGEM DE SUA CARREIRA: UM TRILHO OU UM MAPA? | Blog do Marcus Carvalho

  • Pingback: QUAL É A IMAGEM DE SUA CARREIRA: UM TRILHO OU UM MAPA? | Blog do Marcus Carvalho

  • http://www.minhacarreira.com Paula Carina de Araújo

    Lembro-me de uma disciplina da graduação onde o professor deu ênfase a necessidade de atentarmos para a empregabilidade, como você muito bem colocou no seu texto. Reflico constantemente sobre isso. Vejo que muitos profissionais não entendem que o sucesso da carreira depende de nós mesmo. Quem vai nos valorizar e apresentar novas oportunidades se nós mesmo não buscarmos isso? Para o sucesso profissional o planejamenot da carreira é essencial e a busca por aperfeiçoamento constante é um grande diferencial.

  • http://www.minhacarreira.com Paula Carina de Araújo

    Lembro-me de uma disciplina da graduação onde o professor deu ênfase a necessidade de atentarmos para a empregabilidade, como você muito bem colocou no seu texto. Reflico constantemente sobre isso. Vejo que muitos profissionais não entendem que o sucesso da carreira depende de nós mesmo. Quem vai nos valorizar e apresentar novas oportunidades se nós mesmo não buscarmos isso? Para o sucesso profissional o planejamenot da carreira é essencial e a busca por aperfeiçoamento constante é um grande diferencial.

  • http://www.minhacarreira.com Paula Carina de Araújo

    Lembro-me de uma disciplina da graduação onde o professor deu ênfase a necessidade de atentarmos para a empregabilidade, como você muito bem colocou no seu texto. Reflico constantemente sobre isso. Vejo que muitos profissionais não entendem que o sucesso da carreira depende de nós mesmo. Quem vai nos valorizar e apresentar novas oportunidades se nós mesmo não buscarmos isso? Para o sucesso profissional o planejamenot da carreira é essencial e a busca por aperfeiçoamento constante é um grande diferencial.

  • http://www.heroisdati.com/ Denis Ferrari

    Deixar a carreira na mão de terceiros nunca me pareceu uma boa idéia, e tenho essa opinião desde antes de entender o que realmente significa carreira.

    Na minha experiência tenho visto profissionais sem metas e objetivos claros, isso se deve muitas vezes à indecisão do mesmo ou por falta de comprometimento com a própria carreira.

    Se escolhemos esperar as oportunidades caírem do céu, não podemos reclamar da velocidade das coisas. Se quisermos chegar a algum lugar, devemos traçar a rota e fazer a viagem numa velocidade que permita aproveitarmos a vista.

    Nossa carreira é uma maratona onde uma pequena mudança de direção resulta num local de chegada completamente diferente, cabe ao profissional saber aonde quer chegar e fazer as correções necessárias durante o percurso para alcançar seu objetivo.

  • http://www.heroisdati.com/ Denis Ferrari

    Deixar a carreira na mão de terceiros nunca me pareceu uma boa idéia, e tenho essa opinião desde antes de entender o que realmente significa carreira.

    Na minha experiência tenho visto profissionais sem metas e objetivos claros, isso se deve muitas vezes à indecisão do mesmo ou por falta de comprometimento com a própria carreira.

    Se escolhemos esperar as oportunidades caírem do céu, não podemos reclamar da velocidade das coisas. Se quisermos chegar a algum lugar, devemos traçar a rota e fazer a viagem numa velocidade que permita aproveitarmos a vista.

    Nossa carreira é uma maratona onde uma pequena mudança de direção resulta num local de chegada completamente diferente, cabe ao profissional saber aonde quer chegar e fazer as correções necessárias durante o percurso para alcançar seu objetivo.

  • http://www.heroisdati.com/ Denis Ferrari

    Deixar a carreira na mão de terceiros nunca me pareceu uma boa idéia, e tenho essa opinião desde antes de entender o que realmente significa carreira.

    Na minha experiência tenho visto profissionais sem metas e objetivos claros, isso se deve muitas vezes à indecisão do mesmo ou por falta de comprometimento com a própria carreira.

    Se escolhemos esperar as oportunidades caírem do céu, não podemos reclamar da velocidade das coisas. Se quisermos chegar a algum lugar, devemos traçar a rota e fazer a viagem numa velocidade que permita aproveitarmos a vista.

    Nossa carreira é uma maratona onde uma pequena mudança de direção resulta num local de chegada completamente diferente, cabe ao profissional saber aonde quer chegar e fazer as correções necessárias durante o percurso para alcançar seu objetivo.

  • Michele Yunes Dias de Oliveira

    Nossas decisões terão sempre mais peso nos acontecimentos de nossas vidas do que as decisões de outrem. Quando nos damos conta dessa realidade passamos a guiar nossas vidas de forma mais intensa e até mesmo divertida. Identificamos oportunidades, racionalizamos parte do “acaso” e nos sentimos mais seguros. Sentimo-nos vivos e participantes ativos da vida ao mesmo tempo percebemos a responsabilidade de nossas escolhas. Então nos damos conta que somos responsáveis por nosso sucesso mas nunca o fazemos sozinhos. Se faz importante olhar o outro, trabalhar em conjunto e buscar objetivos que sejam compatíveis com os ideais que levamos. As empresas adequando-se às novas perspectivas e os jovens buscando cada vez mais coerência entre seus objetivos individuais e o desenvolvimento conjunto de um ideal.

  • Michele Yunes Dias de Oliveira

    Nossas decisões terão sempre mais peso nos acontecimentos de nossas vidas do que as decisões de outrem. Quando nos damos conta dessa realidade passamos a guiar nossas vidas de forma mais intensa e até mesmo divertida. Identificamos oportunidades, racionalizamos parte do “acaso” e nos sentimos mais seguros. Sentimo-nos vivos e participantes ativos da vida ao mesmo tempo percebemos a responsabilidade de nossas escolhas. Então nos damos conta que somos responsáveis por nosso sucesso mas nunca o fazemos sozinhos. Se faz importante olhar o outro, trabalhar em conjunto e buscar objetivos que sejam compatíveis com os ideais que levamos. As empresas adequando-se às novas perspectivas e os jovens buscando cada vez mais coerência entre seus objetivos individuais e o desenvolvimento conjunto de um ideal.

  • Michele Yunes Dias de Oliveira

    Nossas decisões terão sempre mais peso nos acontecimentos de nossas vidas do que as decisões de outrem. Quando nos damos conta dessa realidade passamos a guiar nossas vidas de forma mais intensa e até mesmo divertida. Identificamos oportunidades, racionalizamos parte do “acaso” e nos sentimos mais seguros. Sentimo-nos vivos e participantes ativos da vida ao mesmo tempo percebemos a responsabilidade de nossas escolhas. Então nos damos conta que somos responsáveis por nosso sucesso mas nunca o fazemos sozinhos. Se faz importante olhar o outro, trabalhar em conjunto e buscar objetivos que sejam compatíveis com os ideais que levamos. As empresas adequando-se às novas perspectivas e os jovens buscando cada vez mais coerência entre seus objetivos individuais e o desenvolvimento conjunto de um ideal.

Leia Tambem...

Logo

Um espaço para expressão de ideias, experiências, estudos, leituras, vivências e aprendizados. Trazendo um olhar jovem e único sobre os diversos temas existentes no dia a dia profissional e pessoal.

Siga-nos no...

AUTORES

+COMPARTILHADOS

[most-shared-posts num_posts="10" recency_limit_unit="days" max_month_age="1" ]