Comentarios

  • http://naeradainformacao.blogspot.com Paula Carina de Araújo

    Você definiu muito bem a Geração Y, e eu também faço parte dela! O texto do professor João Baptista Brandão da FGV (http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=48474) descreve muito bem essa geração, além de destacar porque deve-se investir nela. Ele define a Geração Y como a principal fonte de inovação, o que pode trazer competitividade para a empresa.

  • http://naeradainformacao.blogspot.com Paula Carina de Araújo

    Você definiu muito bem a Geração Y, e eu também faço parte dela! O texto do professor João Baptista Brandão da FGV (http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=48474) descreve muito bem essa geração, além de destacar porque deve-se investir nela. Ele define a Geração Y como a principal fonte de inovação, o que pode trazer competitividade para a empresa.

  • http://naeradainformacao.blogspot.com Paula Carina de Araújo

    Você definiu muito bem a Geração Y, e eu também faço parte dela! O texto do professor João Baptista Brandão da FGV (http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=48474) descreve muito bem essa geração, além de destacar porque deve-se investir nela. Ele define a Geração Y como a principal fonte de inovação, o que pode trazer competitividade para a empresa.

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Paula,

    Obrigado pelo comentário e pela divulgação no seu blog. Muito bom o artigo da ITWeb.

    Abraço.

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Paula,

    Obrigado pelo comentário e pela divulgação no seu blog. Muito bom o artigo da ITWeb.

    Abraço.

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Paula,

    Obrigado pelo comentário e pela divulgação no seu blog. Muito bom o artigo da ITWeb.

    Abraço.

  • http://www.kerber.com.br Kerber

    Será que dá para colocar uma pequena tolerância na regra da geração Y? Eu nasci 6 dias antes de 1978 e realmente não me identifico com a geração anterior. Aliás, não faço idéia do que ela representa :)

  • http://www.kerber.com.br Kerber

    Será que dá para colocar uma pequena tolerância na regra da geração Y? Eu nasci 6 dias antes de 1978 e realmente não me identifico com a geração anterior. Aliás, não faço idéia do que ela representa :)

  • http://www.kerber.com.br Kerber

    Será que dá para colocar uma pequena tolerância na regra da geração Y? Eu nasci 6 dias antes de 1978 e realmente não me identifico com a geração anterior. Aliás, não faço idéia do que ela representa :)

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Kerber,

    Certamente existem muitos como você. Assim como também existem aqueles que nasceram entre estes anos e que não possuem tais características.

    O que importa é o que estamos vivendo e participando. Seja X, Y ou Z.

    Abraço e obrigado pelo comentário.

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Kerber,

    Certamente existem muitos como você. Assim como também existem aqueles que nasceram entre estes anos e que não possuem tais características.

    O que importa é o que estamos vivendo e participando. Seja X, Y ou Z.

    Abraço e obrigado pelo comentário.

  • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

    Oi Kerber,

    Certamente existem muitos como você. Assim como também existem aqueles que nasceram entre estes anos e que não possuem tais características.

    O que importa é o que estamos vivendo e participando. Seja X, Y ou Z.

    Abraço e obrigado pelo comentário.

  • Pingback: Novo blog « Não se pode parar

  • Pingback: Novo blog « Não se pode parar

  • Pingback: Novo blog « Não se pode parar

  • Pingback: Sua carreira vai bem? | Minha Carreira

  • Pingback: Sua carreira vai bem? | Minha Carreira

  • Pingback: Sua carreira vai bem? | Minha Carreira

  • Talita Mazini

    Adorei o texto e os comentários sobre a geração Y.
    Sou da geração Y (87) !
    Geração do dinamismo e da internet!

    E gostaria de saber mais sobre a geração Z, quais seus interesses e se sabe de algum site que trate desta nova geração.

    Obrigada e bom dia!

  • Talita Mazini

    Adorei o texto e os comentários sobre a geração Y.
    Sou da geração Y (87) !
    Geração do dinamismo e da internet!

    E gostaria de saber mais sobre a geração Z, quais seus interesses e se sabe de algum site que trate desta nova geração.

    Obrigada e bom dia!

  • Talita Mazini

    Adorei o texto e os comentários sobre a geração Y.
    Sou da geração Y (87) !
    Geração do dinamismo e da internet!

    E gostaria de saber mais sobre a geração Z, quais seus interesses e se sabe de algum site que trate desta nova geração.

    Obrigada e bom dia!

  • Leandro Garcia

    Li a a matéria do professor João Baptista sugerida pela Paula.
    Me identifiquei muito com o tema.

    Parabéns pelo Blog.

  • Leandro Garcia

    Li a a matéria do professor João Baptista sugerida pela Paula.
    Me identifiquei muito com o tema.

    Parabéns pelo Blog.

  • Leandro Garcia

    Li a a matéria do professor João Baptista sugerida pela Paula.
    Me identifiquei muito com o tema.

    Parabéns pelo Blog.

  • betomachado

    viva a geração y. esta que liderar os genes das próximas, com mais autonomia e criatividade.

  • betomachado

    viva a geração y. esta que liderar os genes das próximas, com mais autonomia e criatividade.

  • betomachado

    viva a geração y. esta que liderar os genes das próximas, com mais autonomia e criatividade.

  • Pingback: Geração Y exige coerência entre discurso e prática | Minha Carreira

  • Pingback: Geração Y exige coerência entre discurso e prática | Minha Carreira

  • Pingback: Geração Y exige coerência entre discurso e prática | Minha Carreira

  • Pingback: Passei no concurso público, e agora? | Minha Carreira

  • Pingback: Passei no concurso público, e agora? | Minha Carreira

  • Pingback: Passei no concurso público, e agora? | Minha Carreira

  • Pingback: Buscamos uma carreira de criança | Minha Carreira

  • Pingback: Buscamos uma carreira de criança | Minha Carreira

  • Pingback: Buscamos uma carreira de criança | Minha Carreira

  • Pingback: A Geração Y e a carreira pública | Minha Carreira

  • Pingback: A Geração Y e a carreira pública | Minha Carreira

  • Pingback: A Geração Y e a carreira pública | Minha Carreira

  • Pingback: Nós somos da geração Y! | TI Inteligente! Blog

  • Pingback: Nós somos da geração Y! | TI Inteligente! Blog

  • Pingback: Nós somos da geração Y! | TI Inteligente! Blog

  • Luana

    Excelente blog, excelente artigo. Sucinto , porém rico em conteúdo
    Parabens!
    Acredito que houve um erro de digitacao -”inpaciente ” em vez de impaciente.

    Um abraco,
    Luana

  • Luana

    Excelente blog, excelente artigo. Sucinto , porém rico em conteúdo
    Parabens!
    Acredito que houve um erro de digitacao -”inpaciente ” em vez de impaciente.

    Um abraco,
    Luana

  • Luana

    Excelente blog, excelente artigo. Sucinto , porém rico em conteúdo
    Parabens!
    Acredito que houve um erro de digitacao -”inpaciente ” em vez de impaciente.

    Um abraco,
    Luana

  • Saulo Álvares

    Cara…

    Estou muito feliz, pois finalmente me compreendi…

    Quando tive acesso ao conceiito de Geração Y pela primeira vez, foi como se meu DNA fosse decodificado, pois muitas vezes para para me perguntar se era normal por não conseguir ficar muito tempo em um emprego sem que aquilo se tornasse um verdadeiro “saco”. Gosto de mudanças, dinâmica e agora poderei potencializar meus talentos da melhor forma.

  • Saulo Álvares

    Cara…

    Estou muito feliz, pois finalmente me compreendi…

    Quando tive acesso ao conceiito de Geração Y pela primeira vez, foi como se meu DNA fosse decodificado, pois muitas vezes para para me perguntar se era normal por não conseguir ficar muito tempo em um emprego sem que aquilo se tornasse um verdadeiro “saco”. Gosto de mudanças, dinâmica e agora poderei potencializar meus talentos da melhor forma.

  • Saulo Álvares

    Cara…

    Estou muito feliz, pois finalmente me compreendi…

    Quando tive acesso ao conceiito de Geração Y pela primeira vez, foi como se meu DNA fosse decodificado, pois muitas vezes para para me perguntar se era normal por não conseguir ficar muito tempo em um emprego sem que aquilo se tornasse um verdadeiro “saco”. Gosto de mudanças, dinâmica e agora poderei potencializar meus talentos da melhor forma.

  • Pingback: Profissionalismo com originalidade | Minha Carreira

  • Pingback: Profissionalismo com originalidade | Minha Carreira

  • Pingback: Profissionalismo com originalidade | Minha Carreira

  • Pingback: A Geração Y descobre o caminho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • Pingback: A Geração Y descobre o caminho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • Pingback: A Geração Y descobre o caminho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • Telma

    O impaciente continua errado.
    Mas segue ai uma pergunta: a geração y tem urgencia em chegar ao topo da carreira, muitos com 30 anos de idade já chegaram la, qual é a perspectiva de carreira para essa pessoa para os proximos 15 anos? Ser CEO de várias empresas?

  • Telma

    O impaciente continua errado.
    Mas segue ai uma pergunta: a geração y tem urgencia em chegar ao topo da carreira, muitos com 30 anos de idade já chegaram la, qual é a perspectiva de carreira para essa pessoa para os proximos 15 anos? Ser CEO de várias empresas?

  • Telma

    O impaciente continua errado.
    Mas segue ai uma pergunta: a geração y tem urgencia em chegar ao topo da carreira, muitos com 30 anos de idade já chegaram la, qual é a perspectiva de carreira para essa pessoa para os proximos 15 anos? Ser CEO de várias empresas?

  • GILSON MATOS

    Trecho do texto: “A geração y: os seus valores e comportamentos.”

    “É comum para um multi-tasker, pelo computador, esperar o download de um gigabyte de arquivos no formato MP3, enquanto ouve música, conversa com amigos reais e virtuais do país inteiro pelos programas de mensagens instantâneas e, ainda, corresponder os recados que recebeu por e-mail, tudo isso sem descuidar de um moderníssimo telefone celular, que também possibilita essas mesmas atividades.”

    Originalmente publicado no site:

    http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/1785603

    LEIAM, COMENTEM E PARTICIPEM!

  • GILSON MATOS

    Trecho do texto: “A geração y: os seus valores e comportamentos.”

    “É comum para um multi-tasker, pelo computador, esperar o download de um gigabyte de arquivos no formato MP3, enquanto ouve música, conversa com amigos reais e virtuais do país inteiro pelos programas de mensagens instantâneas e, ainda, corresponder os recados que recebeu por e-mail, tudo isso sem descuidar de um moderníssimo telefone celular, que também possibilita essas mesmas atividades.”

    Originalmente publicado no site:

    http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/1785603

    LEIAM, COMENTEM E PARTICIPEM!

  • GILSON MATOS

    Trecho do texto: “A geração y: os seus valores e comportamentos.”

    “É comum para um multi-tasker, pelo computador, esperar o download de um gigabyte de arquivos no formato MP3, enquanto ouve música, conversa com amigos reais e virtuais do país inteiro pelos programas de mensagens instantâneas e, ainda, corresponder os recados que recebeu por e-mail, tudo isso sem descuidar de um moderníssimo telefone celular, que também possibilita essas mesmas atividades.”

    Originalmente publicado no site:

    http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/1785603

    LEIAM, COMENTEM E PARTICIPEM!

  • Natalie Carneiro

    Hey, Sou aluna de Mestrado em Hospitalidade e minha pesquisa é sobre a Geração Y…. tenho pesquisado diversos autores principalmente internacionais….muuuuiiiito interessante!!!!!!!

    Gostei da sua descrição da GY!!!! Também faço parte dela!!!!

    hahhaaha…. Estou amando fazer esta pesquisa… inclusive farei parte de um Evento internacional aqui em Sao Paulo o qual pesquisarei as necessidades desta geracao em relacao aos eventos corporativos…. bem legal!!!!

  • Natalie Carneiro

    Hey, Sou aluna de Mestrado em Hospitalidade e minha pesquisa é sobre a Geração Y…. tenho pesquisado diversos autores principalmente internacionais….muuuuiiiito interessante!!!!!!!

    Gostei da sua descrição da GY!!!! Também faço parte dela!!!!

    hahhaaha…. Estou amando fazer esta pesquisa… inclusive farei parte de um Evento internacional aqui em Sao Paulo o qual pesquisarei as necessidades desta geracao em relacao aos eventos corporativos…. bem legal!!!!

  • Natalie Carneiro

    Hey, Sou aluna de Mestrado em Hospitalidade e minha pesquisa é sobre a Geração Y…. tenho pesquisado diversos autores principalmente internacionais….muuuuiiiito interessante!!!!!!!

    Gostei da sua descrição da GY!!!! Também faço parte dela!!!!

    hahhaaha…. Estou amando fazer esta pesquisa… inclusive farei parte de um Evento internacional aqui em Sao Paulo o qual pesquisarei as necessidades desta geracao em relacao aos eventos corporativos…. bem legal!!!!

  • Digalogando

    Show de bola! Viva nós da geração Y! :)
    Adorei o blog, parabéns!
    Abraços da equipe Digalogando.

  • Digalogando

    Show de bola! Viva nós da geração Y! :)
    Adorei o blog, parabéns!
    Abraços da equipe Digalogando.

  • Digalogando

    Show de bola! Viva nós da geração Y! :)
    Adorei o blog, parabéns!
    Abraços da equipe Digalogando.

  • Ligia Oliveira

    Ufa!! Tudo isso então tem explicação…Não me sinto mais só….rsrsrs Parabéns

  • Ligia Oliveira

    Ufa!! Tudo isso então tem explicação…Não me sinto mais só….rsrsrs Parabéns

  • Ligia Oliveira

    Ufa!! Tudo isso então tem explicação…Não me sinto mais só….rsrsrs Parabéns

  • Geisa

    Oi Guilherme, li um artigo na revista galileu sobre a geração Y, e me identifiquei muito com ela então procurei saber mais na internet e encontrei esse site. Você conheçe alguma ong ou organização da geração Y, para podermos nos reunir e ajudar a melhorar o planeta? porque tenho idéias e sugestões e gostaria de colocá-las em prática. Obrigada

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Geisa, não conheço, mas estamos tentando organizar algo em torno desse blog. Temos uma comunidade no Facebook e outra no LinkedIn. Nos escreva e fale sobre suas ideias. Quem sabe podemos unir esforços.

      Um abraço!

  • Geisa

    Oi Guilherme, li um artigo na revista galileu sobre a geração Y, e me identifiquei muito com ela então procurei saber mais na internet e encontrei esse site. Você conheçe alguma ong ou organização da geração Y, para podermos nos reunir e ajudar a melhorar o planeta? porque tenho idéias e sugestões e gostaria de colocá-las em prática. Obrigada

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Geisa, não conheço, mas estamos tentando organizar algo em torno desse blog. Temos uma comunidade no Facebook e outra no LinkedIn. Nos escreva e fale sobre suas ideias. Quem sabe podemos unir esforços.

      Um abraço!

  • Geisa

    Oi Guilherme, li um artigo na revista galileu sobre a geração Y, e me identifiquei muito com ela então procurei saber mais na internet e encontrei esse site. Você conheçe alguma ong ou organização da geração Y, para podermos nos reunir e ajudar a melhorar o planeta? porque tenho idéias e sugestões e gostaria de colocá-las em prática. Obrigada

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Geisa, não conheço, mas estamos tentando organizar algo em torno desse blog. Temos uma comunidade no Facebook e outra no LinkedIn. Nos escreva e fale sobre suas ideias. Quem sabe podemos unir esforços.

      Um abraço!

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • alex jordys de sousa coelho

    Boa tarde pessoal sou alex, o texto do professor joao batista da fgv.
    me define precisamente. Hoje e meu primeiro dia no grupo e estou aqui para conhecer pessoas legais e que tenham os mesmos objetivos.
    muito obrigado.

  • http://www.queroserconsultor.blogspot.com Washington Sales

    Olá Guilherme, palavras claras e objetivas, venho acompanhamento assuntos sobre a geração y, desde 2006, e quanto mais lei sobre essa geração mais tenho receio sobre o tratamento que as empresa dão a esses profissionais, somos mal compreendidos, taxados de apressados, perguntadores, visionários e sem os pés no chão. Não sabe as empresa que elas têm muito a ganha com a geração y, mais para isso as políticas de RH, precisam ser revistas e as empresa precisam aprende a lidar com esses profissionais.

  • http://www.queroserconsultor.blogspot.com Washington Sales

    Olá Guilherme, palavras claras e objetivas, venho acompanhamento assuntos sobre a geração y, desde 2006, e quanto mais lei sobre essa geração mais tenho receio sobre o tratamento que as empresa dão a esses profissionais, somos mal compreendidos, taxados de apressados, perguntadores, visionários e sem os pés no chão. Não sabe as empresa que elas têm muito a ganha com a geração y, mais para isso as políticas de RH, precisam ser revistas e as empresa precisam aprende a lidar com esses profissionais.

  • http://www.queroserconsultor.blogspot.com Washington Sales

    Olá Guilherme, palavras claras e objetivas, venho acompanhamento assuntos sobre a geração y, desde 2006, e quanto mais lei sobre essa geração mais tenho receio sobre o tratamento que as empresa dão a esses profissionais, somos mal compreendidos, taxados de apressados, perguntadores, visionários e sem os pés no chão. Não sabe as empresa que elas têm muito a ganha com a geração y, mais para isso as políticas de RH, precisam ser revistas e as empresa precisam aprende a lidar com esses profissionais.

  • Pingback: Características de um bom ambiente de trabalho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • Pingback: Características de um bom ambiente de trabalho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • Pingback: Características de um bom ambiente de trabalho | Minha Carreira - A Geração Y descobre o caminho

  • http://www.twitter.com/maismelhordebom Alex de Miranda

    Gostaria de saber quem usou essa expressão “Geração Y” pela primeira vez, foram vocês?

    Abraços
    Alex

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Alex,

      Certamente não fomos nós. Não sei ao certo qual a origem da expressão. Se encontrar alguma referência, te informo.

      Obrigado pelo comentário.

  • http://www.twitter.com/maismelhordebom Alex de Miranda

    Gostaria de saber quem usou essa expressão “Geração Y” pela primeira vez, foram vocês?

    Abraços
    Alex

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Alex,

      Certamente não fomos nós. Não sei ao certo qual a origem da expressão. Se encontrar alguma referência, te informo.

      Obrigado pelo comentário.

  • http://www.twitter.com/maismelhordebom Alex de Miranda

    Gostaria de saber quem usou essa expressão “Geração Y” pela primeira vez, foram vocês?

    Abraços
    Alex

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Alex,

      Certamente não fomos nós. Não sei ao certo qual a origem da expressão. Se encontrar alguma referência, te informo.

      Obrigado pelo comentário.

  • Kleber Wolk

    Gostei muito do texto, faço parte da geração Y, somos multitarefa!
    Nasci em 78, li outros artigos e reportagens, mas existe uma divergiencia em relação as datas, o que importa é a atitude.

    As empresas estão se adaptando a nossa geração, veja http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0914/gestaoepessoas/m0154779.html
    Diz que somos impacientes, infiéis e insubordinados, porém estamos dispostos ir a luta.

    Não sei se temos tantos meritos assim, visto que cultuamos e vivemos o fruto da geração anterior (geração X).
    Afinal, a geração X sem muitos recursos propriciou o que temos hoje.
    A internet e celular ficaram populares na decada de 90 e foram inventadas nas decadas anteiores.

    Não vamos nós enganar, somos apenas usuários e não fizemos nenhuma mudança significativa.
    Vamos ver até onde o nosso ego vai nós sustentar … rsrs

  • Kleber Wolk

    Gostei muito do texto, faço parte da geração Y, somos multitarefa!
    Nasci em 78, li outros artigos e reportagens, mas existe uma divergiencia em relação as datas, o que importa é a atitude.

    As empresas estão se adaptando a nossa geração, veja http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0914/gestaoepessoas/m0154779.html
    Diz que somos impacientes, infiéis e insubordinados, porém estamos dispostos ir a luta.

    Não sei se temos tantos meritos assim, visto que cultuamos e vivemos o fruto da geração anterior (geração X).
    Afinal, a geração X sem muitos recursos propriciou o que temos hoje.
    A internet e celular ficaram populares na decada de 90 e foram inventadas nas decadas anteiores.

    Não vamos nós enganar, somos apenas usuários e não fizemos nenhuma mudança significativa.
    Vamos ver até onde o nosso ego vai nós sustentar … rsrs

  • Kleber Wolk

    Gostei muito do texto, faço parte da geração Y, somos multitarefa!
    Nasci em 78, li outros artigos e reportagens, mas existe uma divergiencia em relação as datas, o que importa é a atitude.

    As empresas estão se adaptando a nossa geração, veja http://portalexame.abril.com.br/revista/exame/edicoes/0914/gestaoepessoas/m0154779.html
    Diz que somos impacientes, infiéis e insubordinados, porém estamos dispostos ir a luta.

    Não sei se temos tantos meritos assim, visto que cultuamos e vivemos o fruto da geração anterior (geração X).
    Afinal, a geração X sem muitos recursos propriciou o que temos hoje.
    A internet e celular ficaram populares na decada de 90 e foram inventadas nas decadas anteiores.

    Não vamos nós enganar, somos apenas usuários e não fizemos nenhuma mudança significativa.
    Vamos ver até onde o nosso ego vai nós sustentar … rsrs

  • Marianne

    Bom dia!!

    Sou jornalista e estou produzindo uma matéria sobre a geração Y.Preciso de uma indicação de empresa em SP que saiba lidar com essa geração imediatista e que por isso criou mecanismos de planejamento de carreira espe´cíficos para esses jovens que querem mudanças rápidas .
    Sou de São Paulo e por isso preciso de uma indicação daqui.
    Pode por favor me ajudar?

    Atenciosamente

    Marianne Prast
    Tel.(11)2818-4586

  • Marianne

    Bom dia!!

    Sou jornalista e estou produzindo uma matéria sobre a geração Y.Preciso de uma indicação de empresa em SP que saiba lidar com essa geração imediatista e que por isso criou mecanismos de planejamento de carreira espe´cíficos para esses jovens que querem mudanças rápidas .
    Sou de São Paulo e por isso preciso de uma indicação daqui.
    Pode por favor me ajudar?

    Atenciosamente

    Marianne Prast
    Tel.(11)2818-4586

  • Marianne

    Bom dia!!

    Sou jornalista e estou produzindo uma matéria sobre a geração Y.Preciso de uma indicação de empresa em SP que saiba lidar com essa geração imediatista e que por isso criou mecanismos de planejamento de carreira espe´cíficos para esses jovens que querem mudanças rápidas .
    Sou de São Paulo e por isso preciso de uma indicação daqui.
    Pode por favor me ajudar?

    Atenciosamente

    Marianne Prast
    Tel.(11)2818-4586

  • Vinícius Machado

    Gostaria de pegar um trecho deste seu texto para compôr o arquivo do projeto de uma webtv que vou lançar. Achei interessante sua forma de falar da Geração Y e gostaria de utiizar o texto, com direito a citação claro. Fico aguardando o retorno.

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Vinícius!

      Fique à vontade para utilizá-lo.

      Um abraço,
      Guilherme Tossulino

  • Vinícius Machado

    Gostaria de pegar um trecho deste seu texto para compôr o arquivo do projeto de uma webtv que vou lançar. Achei interessante sua forma de falar da Geração Y e gostaria de utiizar o texto, com direito a citação claro. Fico aguardando o retorno.

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Vinícius!

      Fique à vontade para utilizá-lo.

      Um abraço,
      Guilherme Tossulino

  • Vinícius Machado

    Gostaria de pegar um trecho deste seu texto para compôr o arquivo do projeto de uma webtv que vou lançar. Achei interessante sua forma de falar da Geração Y e gostaria de utiizar o texto, com direito a citação claro. Fico aguardando o retorno.

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Vinícius!

      Fique à vontade para utilizá-lo.

      Um abraço,
      Guilherme Tossulino

  • Kedna

    Bom dia!

    Tenho 43 anos e é incrível como me identifico com a Geração Y. Detesto monotonia, sou curiosa, criativa, impaciente, busco novidades sempre, apesar de não ter crescido com a utilização das tecnologias, hoje fazem parte da minha vida.Obviamente para minha idade, isto muitas vezes gera problemas.
    Como disse acima o Kleber é tudo uma questão de atitude, de estar aberto ao novo, ser curioso, se manter atualiado e sempre faremos parte de uma nova geração, independente de idade.

    Um grande abraço.

    Kedna Barroncas
    Manaus – Amazonas

  • Kedna

    Bom dia!

    Tenho 43 anos e é incrível como me identifico com a Geração Y. Detesto monotonia, sou curiosa, criativa, impaciente, busco novidades sempre, apesar de não ter crescido com a utilização das tecnologias, hoje fazem parte da minha vida.Obviamente para minha idade, isto muitas vezes gera problemas.
    Como disse acima o Kleber é tudo uma questão de atitude, de estar aberto ao novo, ser curioso, se manter atualiado e sempre faremos parte de uma nova geração, independente de idade.

    Um grande abraço.

    Kedna Barroncas
    Manaus – Amazonas

  • Kedna

    Bom dia!

    Tenho 43 anos e é incrível como me identifico com a Geração Y. Detesto monotonia, sou curiosa, criativa, impaciente, busco novidades sempre, apesar de não ter crescido com a utilização das tecnologias, hoje fazem parte da minha vida.Obviamente para minha idade, isto muitas vezes gera problemas.
    Como disse acima o Kleber é tudo uma questão de atitude, de estar aberto ao novo, ser curioso, se manter atualiado e sempre faremos parte de uma nova geração, independente de idade.

    Um grande abraço.

    Kedna Barroncas
    Manaus – Amazonas

  • Godoy

    O apressado come quente ou como frio!

    Após chegar ao topo, acredito que a maioria entre seus 30 e 28 anos de idade, quais serão as perspectivas pessoais e profissionais?
    O quê espera essa geração “Y” para os próximos 20 anos em um Brasil aonde aqueles com mais de 40 anos são simplesmente descartados do mercado formal de trabalho, independente do seu grau de estudo e experiência profissional?
    Todos estes acreditam que haverá empresas para receber estes CEO’s?
    Todos terão capital para iniciarem seus próprios empreendimentos?
    Viver como estão vivendo, sonhar como estão sonhando, é como lêr um livro do primeiro ao último capítulo, porém deixando de lêr algumas páginas que muitas vezes fazem a grande diferença no entendimento do contexto e na absorção de conhecimento e valores verdadeiros.

  • Godoy

    O apressado come quente ou como frio!

    Após chegar ao topo, acredito que a maioria entre seus 30 e 28 anos de idade, quais serão as perspectivas pessoais e profissionais?
    O quê espera essa geração “Y” para os próximos 20 anos em um Brasil aonde aqueles com mais de 40 anos são simplesmente descartados do mercado formal de trabalho, independente do seu grau de estudo e experiência profissional?
    Todos estes acreditam que haverá empresas para receber estes CEO’s?
    Todos terão capital para iniciarem seus próprios empreendimentos?
    Viver como estão vivendo, sonhar como estão sonhando, é como lêr um livro do primeiro ao último capítulo, porém deixando de lêr algumas páginas que muitas vezes fazem a grande diferença no entendimento do contexto e na absorção de conhecimento e valores verdadeiros.

  • Godoy

    O apressado come quente ou como frio!

    Após chegar ao topo, acredito que a maioria entre seus 30 e 28 anos de idade, quais serão as perspectivas pessoais e profissionais?
    O quê espera essa geração “Y” para os próximos 20 anos em um Brasil aonde aqueles com mais de 40 anos são simplesmente descartados do mercado formal de trabalho, independente do seu grau de estudo e experiência profissional?
    Todos estes acreditam que haverá empresas para receber estes CEO’s?
    Todos terão capital para iniciarem seus próprios empreendimentos?
    Viver como estão vivendo, sonhar como estão sonhando, é como lêr um livro do primeiro ao último capítulo, porém deixando de lêr algumas páginas que muitas vezes fazem a grande diferença no entendimento do contexto e na absorção de conhecimento e valores verdadeiros.

  • Paulo Ferazaki

    Pessoal quero fazer meu TCC sobre a geração y, será que voces podem me ajudar com materal, sugestões etc. Me identifico muito com a geração, claro, faço parte. Conto com vocês.

  • Paulo Ferazaki

    Pessoal quero fazer meu TCC sobre a geração y, será que voces podem me ajudar com materal, sugestões etc. Me identifico muito com a geração, claro, faço parte. Conto com vocês.

  • Paulo Ferazaki

    Pessoal quero fazer meu TCC sobre a geração y, será que voces podem me ajudar com materal, sugestões etc. Me identifico muito com a geração, claro, faço parte. Conto com vocês.

  • Diego Benzi

    bom so tenho uma coisa a dizer ,nos da geraçao Y viemos pra fazer a diferença,isso reme tudo!!!nos somos a 4° onda!!!!

  • Diego Benzi

    bom so tenho uma coisa a dizer ,nos da geraçao Y viemos pra fazer a diferença,isso reme tudo!!!nos somos a 4° onda!!!!

  • Diego Benzi

    bom so tenho uma coisa a dizer ,nos da geraçao Y viemos pra fazer a diferença,isso reme tudo!!!nos somos a 4° onda!!!!

  • karine

    Olá Guilherme, parabéns pela iniciativa, o material está muito bom!
    Gostaria de saber o seu e-mail para contato, pois estou iniciando minha dissertação de mestrado e estarei abordando o impacto desta geração no mercado de trabalho, com foco na área de desenvolvimento de sistema.
    Gostaria de obter material, pois como este assunto é muito novo, estou tendo muitas dificuldades.
    Você poderia me ajudar?

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Karine,

      Obrigado pelo contato e também pelos elogios.

      Encontrar material formal e conceitual sobre Geração Y não é uma tarefa fácil. Tenho recebido muitos e-mails de pessoas interessadas no assuntos e estudiosos, que, como você, estão fazendo suas monografias ou dissertações.

      Recomendo sempre o livro do Sidnei Oliveira (www.sidneioliveira.com.br) que fala exclusivamente sobre Geração Y.

      Há outros materias não tão formas, como ebooks, artigos que posso te passar, caso seja de interesse.

      Escreva para contato@minhacarreira.com que entro em contato com você.

      Um abraço!

  • karine

    Olá Guilherme, parabéns pela iniciativa, o material está muito bom!
    Gostaria de saber o seu e-mail para contato, pois estou iniciando minha dissertação de mestrado e estarei abordando o impacto desta geração no mercado de trabalho, com foco na área de desenvolvimento de sistema.
    Gostaria de obter material, pois como este assunto é muito novo, estou tendo muitas dificuldades.
    Você poderia me ajudar?

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Karine,

      Obrigado pelo contato e também pelos elogios.

      Encontrar material formal e conceitual sobre Geração Y não é uma tarefa fácil. Tenho recebido muitos e-mails de pessoas interessadas no assuntos e estudiosos, que, como você, estão fazendo suas monografias ou dissertações.

      Recomendo sempre o livro do Sidnei Oliveira (www.sidneioliveira.com.br) que fala exclusivamente sobre Geração Y.

      Há outros materias não tão formas, como ebooks, artigos que posso te passar, caso seja de interesse.

      Escreva para contato@minhacarreira.com que entro em contato com você.

      Um abraço!

  • karine

    Olá Guilherme, parabéns pela iniciativa, o material está muito bom!
    Gostaria de saber o seu e-mail para contato, pois estou iniciando minha dissertação de mestrado e estarei abordando o impacto desta geração no mercado de trabalho, com foco na área de desenvolvimento de sistema.
    Gostaria de obter material, pois como este assunto é muito novo, estou tendo muitas dificuldades.
    Você poderia me ajudar?

    • http://www.tossulino.com Guilherme Tossulino

      Oi Karine,

      Obrigado pelo contato e também pelos elogios.

      Encontrar material formal e conceitual sobre Geração Y não é uma tarefa fácil. Tenho recebido muitos e-mails de pessoas interessadas no assuntos e estudiosos, que, como você, estão fazendo suas monografias ou dissertações.

      Recomendo sempre o livro do Sidnei Oliveira (www.sidneioliveira.com.br) que fala exclusivamente sobre Geração Y.

      Há outros materias não tão formas, como ebooks, artigos que posso te passar, caso seja de interesse.

      Escreva para contato@minhacarreira.com que entro em contato com você.

      Um abraço!

  • Wilson

    Lendo sobre esse tema entendo o que estava acontacendo dentro de minha casa com meu filho e na empresa que presto serviço. É uma multinacional americana e estou vendo no departamento de engenharia e comercial uma dança de cadeiras devido a não se entenderem com criterios e obrigações, creio eu de uma gestão, podemos dizer antiga onde essa geração Y não aceitam certas regras intimidatoria e querem cada vez mais interferirem com novas idéias e ações modernas para tambem estarem em conectividade bem aplicaveis nesse tempo com projetos audaciosos trazendo o receptor a ter mais e mais interesse pelo assunto proposto e cada vez mais aguçando o interesse participativo dos envolvidos.

  • Wilson

    Lendo sobre esse tema entendo o que estava acontacendo dentro de minha casa com meu filho e na empresa que presto serviço. É uma multinacional americana e estou vendo no departamento de engenharia e comercial uma dança de cadeiras devido a não se entenderem com criterios e obrigações, creio eu de uma gestão, podemos dizer antiga onde essa geração Y não aceitam certas regras intimidatoria e querem cada vez mais interferirem com novas idéias e ações modernas para tambem estarem em conectividade bem aplicaveis nesse tempo com projetos audaciosos trazendo o receptor a ter mais e mais interesse pelo assunto proposto e cada vez mais aguçando o interesse participativo dos envolvidos.

  • Wilson

    Lendo sobre esse tema entendo o que estava acontacendo dentro de minha casa com meu filho e na empresa que presto serviço. É uma multinacional americana e estou vendo no departamento de engenharia e comercial uma dança de cadeiras devido a não se entenderem com criterios e obrigações, creio eu de uma gestão, podemos dizer antiga onde essa geração Y não aceitam certas regras intimidatoria e querem cada vez mais interferirem com novas idéias e ações modernas para tambem estarem em conectividade bem aplicaveis nesse tempo com projetos audaciosos trazendo o receptor a ter mais e mais interesse pelo assunto proposto e cada vez mais aguçando o interesse participativo dos envolvidos.

  • Pingback: Top Talent » Arquivo do Blog » Geração YY, Y ou y?

  • Pingback: Top Talent » Arquivo do Blog » Geração YY, Y ou y?

  • Pingback: Top Talent » Arquivo do Blog » Geração YY, Y ou y?

  • Ernesto Bezerra

    Prazer enorme e um privilégio participar deste blog. Expressar os sentimentos contidos por décadas e poder mostrar ao mundo o verdadeiro sentido da vida e o amor ao seu semelhante como um todo.
    Tive muitas oportunidades de ir à Cuba e conhecer esta ilha de povo maravilhoso e cheio de coisas boa para dar e ensinar. Porém, sempre fui barrado pela ideologia de Fidel Castro que com sua mão de ferro governou e continua (de maneira mais branda), através de seu irmão Raul, que não muito diferente, dá seguimento as idéias retrógradas e maldosas deste ditador amigo incondicional do Presidente de meu País.
    Espero que participando deste blog eu possa enriquecer meus conhecimentos e acompanhar a evolução e o sucesso deste projeto.

  • Ernesto Bezerra

    Prazer enorme e um privilégio participar deste blog. Expressar os sentimentos contidos por décadas e poder mostrar ao mundo o verdadeiro sentido da vida e o amor ao seu semelhante como um todo.
    Tive muitas oportunidades de ir à Cuba e conhecer esta ilha de povo maravilhoso e cheio de coisas boa para dar e ensinar. Porém, sempre fui barrado pela ideologia de Fidel Castro que com sua mão de ferro governou e continua (de maneira mais branda), através de seu irmão Raul, que não muito diferente, dá seguimento as idéias retrógradas e maldosas deste ditador amigo incondicional do Presidente de meu País.
    Espero que participando deste blog eu possa enriquecer meus conhecimentos e acompanhar a evolução e o sucesso deste projeto.

  • Ernesto Bezerra

    Prazer enorme e um privilégio participar deste blog. Expressar os sentimentos contidos por décadas e poder mostrar ao mundo o verdadeiro sentido da vida e o amor ao seu semelhante como um todo.
    Tive muitas oportunidades de ir à Cuba e conhecer esta ilha de povo maravilhoso e cheio de coisas boa para dar e ensinar. Porém, sempre fui barrado pela ideologia de Fidel Castro que com sua mão de ferro governou e continua (de maneira mais branda), através de seu irmão Raul, que não muito diferente, dá seguimento as idéias retrógradas e maldosas deste ditador amigo incondicional do Presidente de meu País.
    Espero que participando deste blog eu possa enriquecer meus conhecimentos e acompanhar a evolução e o sucesso deste projeto.

  • Sandra Fontainha

    Apesar de ser nascida em 71 tambem me identifiquei com esta “Geração Y”…muito prazer em conhecer este a todos os GY.

  • Sandra Fontainha

    Apesar de ser nascida em 71 tambem me identifiquei com esta “Geração Y”…muito prazer em conhecer este a todos os GY.

  • Sandra Fontainha

    Apesar de ser nascida em 71 tambem me identifiquei com esta “Geração Y”…muito prazer em conhecer este a todos os GY.

  • Pingback: E a sua carreira? Vai bem? @ Canal de Ideias…

  • Pingback: E a sua carreira? Vai bem? @ Canal de Ideias…

  • Pingback: E a sua carreira? Vai bem? @ Canal de Ideias…

  • http://euquerofalar-y.blogspot.com Y

    Gostei muito do texto.
    Acabo de criar um blog para discutir essencialmente sobre os desafios desta geração.

    Acessem:
    http://euquerofalar-y.blogspot.com

    Abraço!

  • http://euquerofalar-y.blogspot.com Y

    Gostei muito do texto.
    Acabo de criar um blog para discutir essencialmente sobre os desafios desta geração.

    Acessem:
    http://euquerofalar-y.blogspot.com

    Abraço!

  • http://euquerofalar-y.blogspot.com Y

    Gostei muito do texto.
    Acabo de criar um blog para discutir essencialmente sobre os desafios desta geração.

    Acessem:
    http://euquerofalar-y.blogspot.com

    Abraço!

  • http://sinapsesgaia.blogspot.com/ Claudio Estevam Próspero

    Parabéns pelo blog. Cheguei até aqui através de link no artigo:

    19 de maio de 2010, às 12h49min
    Liderança na era da informação
    O chefe, que antigamente se valia da informação como fonte de poder, não é mais o seu detentor, pelo simples fato que ninguém mais o é. Ouso afirmar que não há mais espaço para chefes nessa nova geração, apenas para líderes.

    http://administradores.com.br/informe-se/artigos/lideranca-na-era-da-informacao/45041/

    Sou um baby-boomer, desculpem “invadir a sua praia” (rs rs) mas tenho procurado entender e dialogar sobre as idéias por trás do conceito de Geração Y.

    Seguem duas sinapses para pesquisas e reflexões sobre o assunto:
    _______________________________________________________________

    QUARTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2010

    Geração Y – pontos ressaltados da palestra de lançamento do livro – Livraria Cultura – Market Place – 11/05/2010

    Compartilho com vocês os pontos, conforme o meu entendimento e interpretação, que mais me impressionaram na palestra de lançamento do livro Geração Y, do Sidnei Oliveira, na Livraria Cultura do Market Place.
    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/geracao-y-pontos-ressaltados-da.html

    ______________________________________________________________

    SEGUNDA-FEIRA, 3 DE MAIO DE 2010

    5 Gerações no Mercado de Trabalho. Geração Y é o X da Questão

    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/5-geracoes-no-mercado-de-trabalho.html

    Abraços.
    Claudio

  • http://sinapsesgaia.blogspot.com/ Claudio Estevam Próspero

    Parabéns pelo blog. Cheguei até aqui através de link no artigo:

    19 de maio de 2010, às 12h49min
    Liderança na era da informação
    O chefe, que antigamente se valia da informação como fonte de poder, não é mais o seu detentor, pelo simples fato que ninguém mais o é. Ouso afirmar que não há mais espaço para chefes nessa nova geração, apenas para líderes.

    http://administradores.com.br/informe-se/artigos/lideranca-na-era-da-informacao/45041/

    Sou um baby-boomer, desculpem “invadir a sua praia” (rs rs) mas tenho procurado entender e dialogar sobre as idéias por trás do conceito de Geração Y.

    Seguem duas sinapses para pesquisas e reflexões sobre o assunto:
    _______________________________________________________________

    QUARTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2010

    Geração Y – pontos ressaltados da palestra de lançamento do livro – Livraria Cultura – Market Place – 11/05/2010

    Compartilho com vocês os pontos, conforme o meu entendimento e interpretação, que mais me impressionaram na palestra de lançamento do livro Geração Y, do Sidnei Oliveira, na Livraria Cultura do Market Place.
    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/geracao-y-pontos-ressaltados-da.html

    ______________________________________________________________

    SEGUNDA-FEIRA, 3 DE MAIO DE 2010

    5 Gerações no Mercado de Trabalho. Geração Y é o X da Questão

    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/5-geracoes-no-mercado-de-trabalho.html

    Abraços.
    Claudio

  • http://sinapsesgaia.blogspot.com/ Claudio Estevam Próspero

    Parabéns pelo blog. Cheguei até aqui através de link no artigo:

    19 de maio de 2010, às 12h49min
    Liderança na era da informação
    O chefe, que antigamente se valia da informação como fonte de poder, não é mais o seu detentor, pelo simples fato que ninguém mais o é. Ouso afirmar que não há mais espaço para chefes nessa nova geração, apenas para líderes.

    http://administradores.com.br/informe-se/artigos/lideranca-na-era-da-informacao/45041/

    Sou um baby-boomer, desculpem “invadir a sua praia” (rs rs) mas tenho procurado entender e dialogar sobre as idéias por trás do conceito de Geração Y.

    Seguem duas sinapses para pesquisas e reflexões sobre o assunto:
    _______________________________________________________________

    QUARTA-FEIRA, 12 DE MAIO DE 2010

    Geração Y – pontos ressaltados da palestra de lançamento do livro – Livraria Cultura – Market Place – 11/05/2010

    Compartilho com vocês os pontos, conforme o meu entendimento e interpretação, que mais me impressionaram na palestra de lançamento do livro Geração Y, do Sidnei Oliveira, na Livraria Cultura do Market Place.
    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/geracao-y-pontos-ressaltados-da.html

    ______________________________________________________________

    SEGUNDA-FEIRA, 3 DE MAIO DE 2010

    5 Gerações no Mercado de Trabalho. Geração Y é o X da Questão

    http://sinapsesgaia.blogspot.com/2010/05/5-geracoes-no-mercado-de-trabalho.html

    Abraços.
    Claudio

  • http://www.comoeuqueriia.blogspot.com @Helenakaroline

    Faço parte da Geração Y e acho super importante as empresas estarem ligadas com seus associados que fazem parte dessa geração, até poque temos ousadia até então tida como arrogância e imaturidade, e é importante dentro do nosso ambiente de trabalho que reconheçam nossa competência e capacidade de adaptação. Parabéns pela matéria.

  • http://www.comoeuqueriia.blogspot.com @Helenakaroline

    Faço parte da Geração Y e acho super importante as empresas estarem ligadas com seus associados que fazem parte dessa geração, até poque temos ousadia até então tida como arrogância e imaturidade, e é importante dentro do nosso ambiente de trabalho que reconheçam nossa competência e capacidade de adaptação. Parabéns pela matéria.

  • http://www.comoeuqueriia.blogspot.com @Helenakaroline

    Faço parte da Geração Y e acho super importante as empresas estarem ligadas com seus associados que fazem parte dessa geração, até poque temos ousadia até então tida como arrogância e imaturidade, e é importante dentro do nosso ambiente de trabalho que reconheçam nossa competência e capacidade de adaptação. Parabéns pela matéria.

  • nita teixeira

    Bom ver que a geração y tem novo conceito, positivo e admiravel. quando as empresas de serviços, tem no seu quadro de funcionario um nomero consideravel da geração y,atende sua clientela com mais eficiencia, e satisfação . que venha a geração y.

  • nita teixeira

    Bom ver que a geração y tem novo conceito, positivo e admiravel. quando as empresas de serviços, tem no seu quadro de funcionario um nomero consideravel da geração y,atende sua clientela com mais eficiencia, e satisfação . que venha a geração y.

  • nita teixeira

    Bom ver que a geração y tem novo conceito, positivo e admiravel. quando as empresas de serviços, tem no seu quadro de funcionario um nomero consideravel da geração y,atende sua clientela com mais eficiencia, e satisfação . que venha a geração y.

  • http://MuitoBom Wilson

    Bom saber que atualmente está havendo essa distinção de gerações, o que possibilita melhor relacionamento, menos conflitos. meu blog:

    forjasefatos.blogspot.com

  • http://MuitoBom Wilson

    Bom saber que atualmente está havendo essa distinção de gerações, o que possibilita melhor relacionamento, menos conflitos. meu blog:

    forjasefatos.blogspot.com

  • http://MuitoBom Wilson

    Bom saber que atualmente está havendo essa distinção de gerações, o que possibilita melhor relacionamento, menos conflitos. meu blog:

    forjasefatos.blogspot.com

  • Pingback: Geração Y | Blog Twiser

  • Pingback: Geração Y | Blog Twiser

  • Pingback: Geração Y | Blog Twiser

  • http://blog.wagnernunes.com Wagner Nunes

    De todos os adjetivos que frequentemente ouvimos sobrea a geração Y, acho que “impacientes” é mais evidente de todos quando lidamos com outros profissionais de nossa geração no ambiente profissional. É só ver quantas vezes paramos para conversar com um colega ou mesmo com nosso chefe sobre oportunidades de crescimento, novos projetos, novas atribuições, etc.

    Somos, sem sombra de dúvida, a geração do “eu quero, e quero agora”.

    Abraço!

  • http://blog.wagnernunes.com Wagner Nunes

    De todos os adjetivos que frequentemente ouvimos sobrea a geração Y, acho que “impacientes” é mais evidente de todos quando lidamos com outros profissionais de nossa geração no ambiente profissional. É só ver quantas vezes paramos para conversar com um colega ou mesmo com nosso chefe sobre oportunidades de crescimento, novos projetos, novas atribuições, etc.

    Somos, sem sombra de dúvida, a geração do “eu quero, e quero agora”.

    Abraço!

  • http://blog.wagnernunes.com Wagner Nunes

    De todos os adjetivos que frequentemente ouvimos sobrea a geração Y, acho que “impacientes” é mais evidente de todos quando lidamos com outros profissionais de nossa geração no ambiente profissional. É só ver quantas vezes paramos para conversar com um colega ou mesmo com nosso chefe sobre oportunidades de crescimento, novos projetos, novas atribuições, etc.

    Somos, sem sombra de dúvida, a geração do “eu quero, e quero agora”.

    Abraço!

  • Joel

    Sou Índigo, sou de 1968 e minha vida, meus valores. Sou Y.

  • Joel

    Sou Índigo, sou de 1968 e minha vida, meus valores. Sou Y.

  • Joel

    Sou Índigo, sou de 1968 e minha vida, meus valores. Sou Y.

  • Kemuel2011

    kemuel henrique 

  • AD

    Sou de 72, e reconheço essas cracteristicas em minha pessoa, priorizar qualidade de vida, multitarefa, hierarquia, entre outras…
    Por isso, discordo apenas da faixa de idade apontada e acredito que esse perfil se constroe, basta nao ser acomodado.
    Parabens pelo blog!!!
    AD

  • AD

    Sou de 72, e reconheço essas cracteristicas em minha pessoa, priorizar qualidade de vida, multitarefa, hierarquia, entre outras…
    Por isso, discordo apenas da faixa de idade apontada e acredito que esse perfil se constroe, basta nao ser acomodado.
    Parabens pelo blog!!!
    AD

  • AD

    Sou de 72, e reconheço essas cracteristicas em minha pessoa, priorizar qualidade de vida, multitarefa, hierarquia, entre outras…
    Por isso, discordo apenas da faixa de idade apontada e acredito que esse perfil se constroe, basta nao ser acomodado.
    Parabens pelo blog!!!
    AD

  • Ninadohelio

    Ola, bom dia! Sou da Geração X nasci em 65, gostaria de saber de voce:  Quais os desafios e oportunidades de desnvolvimento a geração Y enfrenta ou encontra?

  • Ninadohelio

    Ola, bom dia! Sou da Geração X nasci em 65, gostaria de saber de voce:  Quais os desafios e oportunidades de desnvolvimento a geração Y enfrenta ou encontra?

  • Ninadohelio

    Ola, bom dia! Sou da Geração X nasci em 65, gostaria de saber de voce:  Quais os desafios e oportunidades de desnvolvimento a geração Y enfrenta ou encontra?

  • @RomeoCharle

    Muito legal. Têem meu apoio. Só gostaria de lembrar que antes do Y existem um abecêdalho de geraçães e que a evolução tecnológica depende de cada uma delas. Abraços.

  • http://www.diegohomem.com Diego Homem

    Muito obrigado Luana! Já corrigimos o erro.

  • http://www.diegohomem.com Diego Homem

    Muito obrigado Luana! Já corrigimos o erro.

  • http://www.diegohomem.com Diego Homem

    Muito obrigado Luana! Já corrigimos o erro.

Leia Tambem...

Logo

Um espaço para expressão de ideias, experiências, estudos, leituras, vivências e aprendizados. Trazendo um olhar jovem e único sobre os diversos temas existentes no dia a dia profissional e pessoal.

Siga-nos no...

AUTORES

+COMPARTILHADOS

[most-shared-posts num_posts="10" recency_limit_unit="days" max_month_age="1" ]